Feliz coincidência

Mas é muito difícil matar a hidra e voltar a Lucas, ele o sente já na metade da cruenta batalha. Para começar, ele a está descrevendo em uma folha de papel que tirou da segunda gaveta da direita da escrivaninha, quando na verdade há papel à vista e por todos os lados, mas não senhor, o ritual é esse e não falemos da luminária extensível italiano quatro posições cem watts colocada tal qual guindaste sobre obra em construção e delicadissimamente equilibrada para que a haste de luz etcétera. Corto fulgurante essa cabeça escriba egípcio sentado. Uma a menos, ufa. Lucas está se aproximando de si mesmo, a coisa começa a pintar bem.

E então, num passeio pelo bairro você se depara com um pequeno presente, deixado na porta do sebo do bairro.

Começa a ler o livro e percebe que tem tudo a ver com a frase de seu marca página.

15522898829_81263bcc34_o

excerto do livro de Júlio Cortázar. Um tal de Lucas

Marca página trazido de Portugal, presente de minha mãe.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s