Saudades porque sou gente

A saudade veio e me pegou de jeito.

Saudade de conversar e ver as carinhas de pessoas que se tornaram tão queridas pra mim.

Cadê tempo de rever, sentar conversar, se os nossos horários de trabalho, rotina louca, estudos e coisas mundanas não conseguimos conciliar?

Posso ter saudade mesmo se nem consegui por a roupa pra lavar?

Quando nos acostumamos a ver as pessoas todos os dias, quando os vemos mais do que a nossa família, cachorro, namorado, amante.

Quando de repente aquela colega virou sua amiga, quando você tem tempo livre e lembra de gente querida.

Sim, sinto saudades, será que estou doente? Sinto saudades, porque eu sou gente.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s